P I G (Vase de Noces, 1975)

Ir em baixo

P I G (Vase de Noces, 1975)

Mensagem  Mr. Scofield em Dom Maio 08, 2011 6:11 pm


Alerta!

Este filme contém cenas altamente perturbadoras.


O terror extremo é caracterizado pela violência excessiva, extrema subversão moral, altos índices de degradação psicológica de seus personagens (o que acaba por envolver o espectador) e a ausência de conotação moral nos cunhos tradicionais. Quando se quer mostrar algo, a lição é dura e utiliza de métodos questionáveis.

PIG é a estória de um homem que vive em uma fazenda ao lado de vários animais. Ele coleta exemplares de sementes e plantas enquanto sobrevive em meio a um ambiente peculiar. Gozando de uma solidão ímpar, o rapaz se aproxima de uma porca (pela qual se apaixona!), e, na busca de interação com a natureza, bem como tentando envolver seus próprios instintos conscientes à revelia de sua natureza, a engravida, gerando uma prole híbrida cujas consequências precedem o colapso de sua deturpada estrutura mental.

A aparente comicidade do roteiro misturada com a suposta bizarrice muda bastante de cunho durante a projeção. O filme é longo, cansativo, um verdadeiro monólogo de imagens (não há falas pois o filme só tem um personagem humano) imprimindo esgotamento mental em relação a quem o assiste. A polêmica é temática, visto que o filme em si apresenta uma racional direção de arte e os maus tratos com os animais são jogos de imagem e não reais. Aliás, Thierry Zeno é surpreendentemente cuidadoso, excluindo várias cenas de mau gosto (embora enfatizando outras) e optando por filmar em preto e branco a fim de conferir um tom sombrio que contrapõe o claro e escuro, eliminando parcialmente a violência gráfica em excesso.

As questões em discussão são óbvias (e existem, ao contrário de vários exemplares do gênero). Temas como a necessidade de integração, a socialização, a solidão, a natureza e a obsessão são explicitados sob os olhos irracionais de aves que parecem se comunicar mesmo que em seu idioma único e indecifrável. Apesar da ideia estapafúrdia e dos rumos igualmente irreais, PIG é interessante na proposta, mas falha miseravelmente em manter a atenção em seus longos 80 minutos.

O filme inteiro está disponível online sem necessidade de download.
avatar
Mr. Scofield
Admin

Mensagens : 46
Reputação : 2768
Reputação : 2
Data de inscrição : 08/04/2011
Idade : 40
Localização : Psychohell

Ver perfil do usuário http://psychofield.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: P I G (Vase de Noces, 1975)

Mensagem  Mario Franciscon em Seg Maio 09, 2011 2:19 pm

Acho que fui eu quem dei a dica desse filme na lista, quando foi postado no MKO há alguns anos. Até hoje não tive coragem para ver vi, mas deve mesmo ser uma experiência bem radical. Ainda vou fazer uma sessão conjunta dele com o Begotten, rs.

Falando em coisas perturbadoras, há um movimento cinematográfico russo chamado necrorealismo. Ainda não baixei para ver, mas já há uns curtas no MKO (clique aqui). Quem gosta de um troço esquisito, tente.

Mario Franciscon
Admin

Mensagens : 27
Reputação : 2719
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum